• comercial18125

Em Chicago, cotações da soja trabalham com fortes altas na sessão desta 5ª feira

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os contratos futuros da soja operam com valorizações na sessão desta quinta-feira (08). Por volta das 8h38 (horário de Brasília), o vencimento Novembro/20 avançava 10,25 pontos, valendo US$ 10,61/bushel, o Janeiro/21 também teve avanço de 09,75 pontos, atingindo US$ 10,61/bushel. 

Segundo as informações do site Successful Farming, os vencimentos futuros da soja operam com ganhos em função do clima global adverso e a forte demanda por produtos agrícolas dos Estados Unidos. “Os futuros dos grãos também estão sendo influenciados pelo o aumento da demanda por suprimentos dos EUA”, destacou Tony Dreibus.

Ainda de acordo com a Successful Farming, o mercado está atento ao início dos trabalhos de campo no Brasil, que é maior exportador mundial de soja, e que as condições climáticas não estão permitindo dar início ao plantio da soja da safra 2020/21.

Nesta quinta-feira, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) deve reportar as vendas semanais para a exportação da soja, por volta das 10h00 (horário de Brasília). “O mercado está na expectativa da retomada das compras da China que voltaram nesta quarta-feira (07) com comprado 132 mil toneladas da soja americana”, disse o Analista de Mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, em entrevista ao Notícias Agrícolas. 

Na próxima sexta-feira (09), o USDA vai divulgar o relatório mensal de oferta e demanda a partir das 13H00 (horário de Brasília) e mercado trabalha com projeção de  redução dos números para a safra e estoques de soja americana. 

As agências internacionais estimam uma safra para a oleaginosa de 116,75 milhões de toneladas (4,292 bilhões de bushels). Em setembro, o número ficou em 117,3 milhões de toneladas (4,313 bilhões de bushel). Na temporada passada, a safra ficou em 96,62 milhões de toneladas (3,552 bilhões de bushels).


Mercado Interno


Em seu boletim diário, a consultoria Agrifatto destacou que, a soja brasileira continuou sua alta no mercado físico em função da  valorização de dólar, prêmio e as cotações em Chicago. “Os poucos negócios que são firmados nos portos brasileiros têm como referência o preço de R$ 159,00/sc. A pressão segue firme também sobre o farelo de soja, que, escasso tem como referência no Brasil o valor de R$ 2.200/t”, ressaltou a Agrifatto.


Fonte: Notícias Agrícolas



1 visualização

Política de Privacidade

Endereço:

Rua: Sete de Setembro, 274

Sala CJ 501 Centro - Pelotas/RS
CEP 96015-300

Telefones:

(53) 3225-9330
(53) 3225-6908

(53) 3225-5621

(53) 9811-20578

E-Mail:

Cereagro 2020 -  Todos os direitos reservados