• comercial18125

EUA voltam a taxar arroz brasileiro

O presidente Donald Trump, antes de deixar a presidência dos Estados Unidos, assinou um decreto que retira os benefícios para a entrada de arroz parboilizado do Brasil, conforme informou o site especializado Planeta Arroz, com informações da USA Rice.

Trump atendeu a um pedido da indústria local e retirou o arroz da lista de commodities que estão livres de impostos. Com isso o Brasil terá que pagar taxas de 11,2% na exportação do grão a partir de 2021.

O Programa do Sistema Generalizado de Preferências (GSP) foi criado para auxiliar países em desenvolvimento a acessarem o mercado norte-americano. A pedido da Associação das Indústrias do Arroz dos Estados Unidos (USA Rice) foi retirada uma das seis linhas tarifárias que beneficiavam o arroz parboilizado vindo de fora. Além do Brasil sofrerão impacto países como Argentina, Paraguai, Paquistão e Tailândia. A Índia também deve ser afetada.

A ideia é valorizar a produção local de arroz e retirar os benefícios de concorrentes. A Associação Brasileira das Indústrias de Arroz (Abiarroz) havia pedido a manutenção da isenção e argumentou que o Brasil isentou a taxa de exportação do arroz dos Estados Unidos e de países do Mercosul que era de 12% sobre o arroz branco e de 10% sobre o arroz em casca. Fonte: Agrolink


6 visualizações0 comentário

Política de Privacidade

Endereço:

Rua: Sete de Setembro, 274

Sala CJ 501 Centro - Pelotas/RS
CEP 96015-300

Telefones:

(53) 3225-9330
(53) 3225-6908

(53) 3225-5621

(53) 9811-20578

E-Mail:

Cereagro 2020 -  Todos os direitos reservados