• comercial18125

Fundos se desfazem de posições, mas soja barata pode limitar liquidação; dólar ajuda no Brasil

Os fundos estão se desfazendo de posições na soja, seguindo passos, menos agressivos porém, que nas negociações da segunda em Chicago.

Ao menos agora (8h15, Brasília), na finalização das operações do overnight, o viés baixista da commodity segue em menos 2,2 pontos (em torno de 0,15%), a US$ 12,33 o bushel de novembro.


Colheita americana avançando e estoque melhores, plantio (e chuvas esperadas) no Brasil e demanda chinesa parada – pelo menos até o final do feriadão, dia 7 -, são as variáveis de pressão. Nem o óleo de soja em alta (1,09%) puxa o preço do grão.

O que pode mudar o cenário ao longo do dia é a volta de compradores sobre cotações mais baratas.


Para o produtor brasileiro, com ainda muita soja parada da última safra, o dólar mais alto beneficia o preço no interior do País, que segue bem se valorizando semanalmente.


Fonte: Money Times



5 visualizações0 comentário