• comercial18125

Nates monitoram estágios da cultura do arroz

As equipes dos Núcleos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Nates) do Instituto Rio Grandense do Arroz estão em campo, juntamente com os produtores, fechando os dados finais da semeadura da safra 2020/2021. A Divisão de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater), a partir das informações colhidas pelos Nates, está organizando os números finais da semeadura, que já é dada como praticamente encerrada. Como já foi antecipado, o levantamento conclusivo deverá ser divulgado pelo Irga até o final de janeiro. O monitoramento dos estágios fenológicos* da cultura do arroz, até o momento, apresenta a seguinte evolução no Estado, conforme números de quarta-feira (6): Intenção de semeadura: 969.192 ha (em revisão)]

Emergência: 200 ha Vegetativa: 405.286 ha Reprodutiva: 528.914 ha Maturação: 2.523 ha

*Emergência: quando a planta começa a emergir, logo após a semeadura; Vegetativa: estágio que dura de três a quatro semanas e vai da germinação da semente aos primeiros sinais da panícula; Reprodutiva: período entre diferenciação do primórdio da panícula e a fertilização, com duração de três a cinco semanas; Maturação: última fase antes da colheita, que vai do florescimento à maturação fisiológica, variando em média de 30 a 40 dias.


Fonte: Planeta Arroz / Irga




2 visualizações0 comentário