• comercial18125

Paraguai começa a colher safra de arroz

Enquanto a safra brasileira se desenvolve, o vizinho Paraguai já colhe o arroz do ciclo 21/22. Com pouco mais de duas semanas desde o início da colheita, o Paraguai está contabilizando, até o momento, uma boa safra de arroz em produção e produtividade, mas espera problemas para a parte final da colheita. As informações são do site especializado Planeta Arroz.


No ciclo passado o país reduziu sua área plantada em função da estiagem, o que limitou a oferta de água para irrigação, mas nesta safra a área plantada cresceu 10,9% e somou 183 mil hectares. Em relação a produção a expectativa é de 1,29 milhão de toneladas. Cerca de 700 mil toneladas devem ser destinadas ao Brasil.


Assim como no Sul brasileiro, o Paraguai vive uma escassez hidrica que pode impactar nas lavouras mais tardias de arroz, com dificuldade de receber a irrigação com o baixo nível dos rios locais, como a bacia do Rio Tebicuary e do Rio Paraguay, região que concentra a maior produção. Em províncias como Misiones e Itapúa devem se concentrar as maiores perdas. Outro problema encontrado é o escoamento. Como o Rio Paraná, principal canal logístico usado pelos paraguaios, também está em nível baixo, os produtores têm buscado alternativas para enviar os grãos para outros mercados.


Muitos produtores brasileiros plantam arroz no Paraguai em função dos custos de produção considerados a metade do valor das lavouras no Brasil. China e Índia continuam sendo os maiores produtores mundiais do arroz. O Brasil ocupa o 9º lugar. O Paraguai aparece na 41ª posição.


Fonte: AgroLink



1 visualização0 comentário