• comercial18125

Rabobank vê potencial de alta para soja dos EUA

As restrições do lado da oferta continuam a desafiar a recuperação econômica


Os mercados de soja continuam apresentando forte demanda, tanto globalmente quanto nos Estados Unidos, apesar das projeções do USDA de redução da demanda geral de 2020-21 a 2021-22, indicou o Rabobank, em informações divulgadas pelo world-grain.com. Além disso, a demanda por nova safra, se realizada, será a segunda maior já registrada.


“A moagem de soja atingiu níveis recordes no ano passado e deve atingir o segundo maior nível em 2021-22. As vendas de exportação de soja para 2021-22 acompanharam de perto as de 2016-17, as mais altas já registradas até o ano passado, disse o Rabobank, e esse mercado tem algum potencial de alta. Possivelmente limitando esse potencial foi a primavera do Brasil em direção a outra safra recorde de soja em 2021-22. As estimativas de área plantada foram de 2. 5% a 5% de aumento, e a produção projetada foi de 141 milhões a 144 milhões de toneladas em comparação com a safra de 137 milhões de toneladas do ano passado. No entanto, os altos custos e a disponibilidade de fertilizantes e outros insumos preocupavam os produtores brasileiros, especialmente o Roundup, considerando que 90% da safra de soja do Brasil são variedades Roundup-Ready", comenta.


As restrições do lado da oferta continuam a desafiar a recuperação econômica, especialmente interrupções na cadeia de abastecimento e uma escassez generalizada de mão de obra. “Os rendimentos melhores do que o esperado e a oportunidade de ainda manter as margens de lucro para este ano e, potencialmente, para o próximo são o que importa. Os participantes do mercado permanecem em um modo de venda, mas há uma oportunidade de travar as margens lucrativas e tirar alguns riscos da mesa”, completa.


Fonte: Agrolink




2 visualizações0 comentário