• comercial18125

Soja em Chicago tem leves quedas e preços perto da estabilidade nesta 2ª feira (5)

Os principais contratos futuros da soja operavam próximos da estabilidade com leves quedas na manhã desta segunda-feira (5) na Bolsa de Chicago (CBOT). Por volta das 8h31 (horário de Brasília), o vencimento Novembro/20 trabalhava com recuo de 0,50 pontos, valendo US$ 10,20 por bushel, enquanto o Janeiro/21 baixou 0,75 pontos, operando em US$ 10,24/bushel. 

De acordo com informações da Reuters Internacional, o preço da soja pouco mudou, à espera do relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) sobre o acompanhamento da safra norte-americana. 

Além disso, “trigo, milho e soja estão sendo apoiados pelos relatórios mais positivos sobre o estado de saúde do presidente americano Donald Trump, que está apoiando o petróleo bruto, enquanto o dólar também está com tendênncia mais fraca”, disse Matt Ammermann, gerente de risco de commodities StoneX, à Reuters Internacional.

Segundo a agência de notícias, o relatório do USDA deve trazer informações positivas sobre as colheitas norte-americanas, já que o clima para os trabalhos da safra está favorável. 


MERCADO INTERNO

Para o mercado da soja brasileira, a Agrifatto Consultoria reportou que o preço da oleaginosa no país fechou a última semana com firmeza nos R$ 150,00 por saca nas negociações spot em grande parte dos portos nacionais. 

"A leve queda em Chicago foi compensada pela valorização do prêmio pago nos portos brasileiros que subiu US$ 0,02 por bushel. O farelo de soja no país já rompe a barreira dos R$ 2.200 por tonelada, com uma escassez de oferta que só aumenta", informou a consultoria.


Fonte:

Notícias Agrícolas


1 visualização

Política de Privacidade

Endereço:

Rua: Sete de Setembro, 274

Sala CJ 501 Centro - Pelotas/RS
CEP 96015-300

Telefones:

(53) 3225-9330
(53) 3225-6908

(53) 3225-5621

(53) 9811-20578

E-Mail:

Cereagro 2020 -  Todos os direitos reservados