• comercial18125

Soja: preços recuam no RS e travam no PR

Os preços da soja no mercado do Rio Grande do Sul recuaram cerca de R$ 2,00 em Cruz Alta e Canoas e Rio Grande não tiveram cotações, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O dólar fechou em queda de 0,08%, mas durante a sessão, que é quando são feitos os negócios, chegou a cair mais de 3% na mínima do pregão, a 5,2240 reais, seu menor patamar intradiário desde 16 de setembro”, comenta. 

“O dólar não influencia mais a exportação, mas, sim, a importação. Com as sucessivas quedas da semana passada, a soja importada chegaria às fábricas do interior do Rio Grande do Sul ao redor de R$ 146,13/saca, cerca de 15,12% abaixo dos preços atuais do mercado local. Por isto, no porto e em Canoas não houve cotações oficiais nesta segunda-feira, razão pela qual mantivemos inalterada a cotação da tabela ao lado”, completa. 

No Paraná o mercado esteve totalmente travado, sem negócios. “No mercado de balcão o preço oferecido ao agricultor na região de Ponta Grossa voltou a cair R$ 10,00/saca retornando para R$ 140,00. Na tabela nº 1 acima pode-se ver os preços para os produtores em outras praças”, informa a consultoria. 

“No mercado de lotes, para entrega imediata e pagamento em dezembro os preços recuaram fortemente R$ 7,00/saca para R$ 153,00/saca, em Ponta Grossa. No interior dos Campos Gerais, os preços também recuaram fortemente R$ 10,00/saca para R$ 150,00, retirada imediata, mas pagamento no início de janeiro. Em Cascavel mantiveram-se em R$ 176,50 e em Maringá a R$ 171,50. Em Paranaguá a cotação do mercado disponível recuou R$ 10,00/saca para R$ 150,00, entrega no mês e pagamento final de outubro, cotação apenas nominal, porque não há negócios”, conclui.  Fonte: Agrolink


0 visualização

Política de Privacidade

Endereço:

Rua: Sete de Setembro, 274

Sala CJ 501 Centro - Pelotas/RS
CEP 96015-300

Telefones:

(53) 3225-9330
(53) 3225-6908

(53) 3225-5621

(53) 9811-20578

E-Mail:

Cereagro 2020 -  Todos os direitos reservados