• comercial18125

Soja recua em Chicago neste início de semana com clima favorecendo safra 21/22 dos EUA

Os preços da soja iniciam a semana operando em queda na Bolsa de Chicago. Por volta de 7h55 (horário de Brasília), as cotações cediam entre 9,25 e 14 pontos nos principais contratos, levando o julho a US$ 15,17 e o novembro a US$ 13,46 por bushel. O clima favorável nos EUA segue pressionando as cotações na CBOT, já que permite bom avanço dos trabalhos de campo e também o desenvolvimento das lavouras. Os novos números do plantio e da germinação serão divulgados nesta segunda, às 17h pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), após o fechamento do mercado em seu novo boletim semanal de acompanhamento de safras. "Para os EUA, os modelos mostram bons volumes de chuvas e temperaturas mais altas a partir da próxima semana", diz a equipe da Agrinvest Commodities. Ainda no radar dos traders está a demanda chinesa. A nação asiática voltou a comprar soja no Brasil na semana passada, uma vez que o produto brasileiro disponível é agora mais barato para os importadores, permitindo, inclusive, uma melhora dos prêmios no mercado nacional, como explica a Agrinvest Commodities. Atenção ainda ao comportamento das demais commodities, com as agrícolas todas recuando nesta segunda-feira (24), incluindo o farelo de soja e o óleo, que perde quase 1% na manhã de hoje.

Fonte:Notícias Agrícolas




3 visualizações0 comentário