• comercial18125

Soja tem início de semana estável em Chicago nesta 2ª e já se prepara para novo relatório do USDA

O mercado da soja dá início à semana na Bolsa de Chicago operando com estabilidade. Por volta de 7h (horário de Brasília) desta segunda-feira (9), as cotações subiam entre 0,50 e 2 pontos nos principais vencimentos. O contrato novembro/20 tnha US$ 10,99 e o janeiro/21, US$ 11,02 por bushel. Os futuros da oleaginosa continuam registrando seus melhores patamares em quatro anos na CBOT, o que sinaliza a força que os fundamentos têm sobre o andamento das cotações. De outro lado, essa estabilidade traduz ainda as expectativas do mercado à espera do novo boletim mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que chega nesta terça (10).  O mercado parece ajustar suas posições depois da disparada da semana anterior, ainda monitorando o clima na América do Sul, a demanda nos EUA e também o financeiro, especialmente depois da vitória do democrata Joe Biden para a presidência norte-americana e da sinalização de Donald Trump de que continuará a contestar os resultados.  Nesta manhã de segunda-feira, enquanto os grãos cediam na CBOT, bem como o açúcar na Bolsa de Nova York, os futuros do café e do algodão operava em campo positivo, bem como o petróleo, que tinha alta de 2,32% NY, levando o barril a US$ 37,98. O ouro registrava uma alta de quase 0,50%.  MERCADO NACIONAL No Brasil, atenção a todos estes fatores, mas também ao câmbio. A moeda americana se mostrou bastante volátil na última semana, durante a apuração das eleições nos EUA, e agora o mercado espera com cautela para este novo início. O recuo do dólar foi compensado, para os preços da soja brasileira, pelas boas altas em Chicago.  "O mercado da soja continuará mostrando compradores atuando fortes nos EUA e poderemos ter a China voltando e puxando um pouco os indicativos na Bolsa", acredita Vlamir Brandalizze, consultor de mercado da Brandalizze Consulting. "Enquanto isso, pouco deve mudar no interno, porque há pouca soja e não há interesse em venda da safra nova, já que o clima com chuvas abaixo do ideal deve manter os produtores retraídos e adiando novos fechamentos. Deverá ser uma semana de calmaria, podendo ter leve queda nos indicativos", completa.

Fonte:Notícias Agrícolas


0 visualização

Política de Privacidade

Endereço:

Rua: Sete de Setembro, 274

Sala CJ 501 Centro - Pelotas/RS
CEP 96015-300

Telefones:

(53) 3225-9330
(53) 3225-6908

(53) 3225-5621

(53) 9811-20578

E-Mail:

Cereagro 2020 -  Todos os direitos reservados