• comercial18125

Soja trabalha em alta nesta manhã de 5ª feira em Chicago de olho na força dos fundamentos

Os preços da soja voltam a subir na Bolsa de Chicago nesta manhã de quinta-feira (14), depois de realizar lucros na sessão anterior. Por volta de 7h50 (horário de Brasília), os contratos mais negociados ganhavam entre 8,75 e 11,75 pontos, levando o março a US$ 14,15 e o julho a US$ 13,98 por bushel. Depois da disparada da terça e da correção da quarta-feira, o mercado se volta novamente a seus fundamentos e ajusta suas posições à espera de novas notícias. No foco principal permanece o clima na Argentina - ainda muito seco e castigando o nova safra do país. Paralelamente, atenção ainda ao comportamento da demanda, em especial nos EUA, onde as vendas voltaram a ser mais frequentes nesta semana. Os traders acompanham também a direção do dólar, tanto frente ao real quanto diante de outras divisas, a questão da inflação dos alimentos que vem sendo registrada em todo mundo, que poderia vir, em determinado momento, a racionar a demanda por alguns produtos. No médio prazo, o mercado também já se prepara para as primeiras especulações mais fortes sobre a nova safra de grãos dos Estados Unidos. Já é sabido que o país deve registrar uma intensa disputa por área entre soja e milho frente, justamente, ao bom momento de preços tanto para o grão, quanto para a oleaginosa.

Fonte:Notícias Agrícolas




0 visualização0 comentário