• comercial18125

Soja: Volatilidade segue intensa a mercado em Chicago volta a recuar nesta 6ª feira

Acompanhando uma baixa generalizada das commodities, o mercado da soja volta a recuar no pregão desta sexta-feira (22) na Bolsa de Chicago. Perto de 7h45 (horário de Brasília), as cotações cediam entre 8,25 e 9,25 pontos nos contratos mais negociados, com o maio valendo US$ 17,39 e o julho com US$ 17,10 por bushel.


O mercado, além de acompanhar as perdas nos produtos vizinhos, com destaque para o petróleo - que cede mais de 1%, e para o farelo, que tem perdas também superiores a 1% - também realiza lucros depois das altas da sessão anterior e mantém a volatilidade muito intensa na CBOT.


Os traders permanecem dividindo suas atenções entre a continuidade da guerra entre Rússia e Ucrânia, e o clima nos Estados Unidos, onde o plantio da safra 2022/23 está em andamento. Ao mesmo também mantêm atenção sobre o comportamento da demanda e a baixa oferta na América do Sul.


"Os brokers se atentam as negociações entre a Rússia e os países ocidentais, que estão paralisadas, deixando as tropas e soldados ucranianos em apuros com pouca esperança de que haverá um fim para os combates em breve", afirma Ginaldo Sousa, diretor geral do Grupo Labhoro. "O clima norte-americano continua como um dos fundamentos importantes neste momento e os players ficam atentos às suas atualizações. Apesar de uma melhora da temperatura nas próximas semanas, a seca continua nas planícies do oeste", completa.


Fonte: Notícias Agrícolas




2 visualizações0 comentário